imagens religiosas
  Lançamentos
  Católicos
  Esotéricos
  Religiões Afro-Brasileiras
  Decoração
  Modelagens Especiais
  Restaurações
  Tipos de Acabamentos
  Acessórios
  Calendário dos Santos
  Eventos / Notícias
  História dos Santos
   
 

Francisco de Chagas, São

Francisco de Chagas, São
Código Altura Cod. Preço Acabamento  
549_20 20 cm W Padrão/ Barroca/ Gesso/ Patinado/ Rica/ Romana/ Romana Rica Ver +
549_30 30 cm AG Padrão/ Barroca/ Gesso/ Patinado/ Rica/ Romana/ Romana Rica Ver +
549_40 40 cm AJ Padrão/ Barroca/ Gesso/ Patinado/ Rica/ Romana/ Romana Rica Ver +
549_60 60 cm BC Padrão/ Barroca/ Gesso/ Patinado/ Rica/ Romana/ Romana Rica Ver +
549_80 80 cm BR Padrão/ Barroca/ Gesso/ Patinado/ Rica/ Romana/ Romana Rica Ver +
549_100 100 cm CF Padrão/ Barroca/ Gesso/ Patinado/ Rica/ Romana/ Romana Rica Ver +
549_120 120 cm CG Padrão/ Barroca/ Gesso/ Patinado/ Rica/ Romana/ Romana Rica Ver +

 

Francisco nasceu em Assis, na Itália, em 1182, filho de Pedro e Pica Bernadone, ricos comerciantes. Os pais eram ricos, mas trabalhadores, mas Francisco não gostava de trabalhar, adorava "curtir" e gastar o dinheiro do pai. O pai queria que fosse um nobre. Com 24 anos, renunciou toda a riqueza para desposar a "senhora pobreza" devolveu tudo o que era de seu pai, saiu sem até a roupa do corpo. No início de sua conversão viveu como eremita, ficava junto à natureza, cantando louvores a Deus, muitos o consideravam louco, pois conheciam sua vida antiga, e aquela mudança radical não era compreendida. Francisco nem se importava, queria mais Deus, sentir mais, sua vida foi mudando cada dia mais. Na região onde Francisco vivia existiam diversas igrejinhas abandonadas e em ruínas. Certo dia estava rezando em uma dessas igrejas, que era dedicada a São Damião. Francisco rezava fervorosamente diante de um grande crucifixo, quando, tocado pela graça de Deus, ouviu uma voz que vinha da imagem de Cristo crucificado : "- Francisco, vai e restaura a minha casa. Vês que ela está em ruínas". Diante de tal ordem, ficou muito feliz e logo começou, sozinho a restaurar aquela igrejinha. Na sua imensa humildade não entendeu que Cristo o mandara restaurar a igreja católica, não aquela igrejinha, Jesus o chamava a ser santo, exemplo para muitos. Parte em missão de paz e bem, seguindo na perfeita alegria o Cristo pobre, casto e obediente, era feliz sendo pobre, quando via alguém mais pobre que ele, sentia-se pecador e não digno da graça de Deus. Dizia que a alegria perfeita existe quando o servo de Deus é humilhado e maltratado, pois assim imitando a Cristo, se desligaria das coisas do mundo e se uniria a Deus. Vivia sempre feliz e sorridente, passava fome e muita necessidade, faltava tudo, menos alegria e amor, foi assim que reuniu muitos irmãos que renunciaram suas vidas para seguir Jesus. Viviam todos da providência de Deus, não tinham posses, viviam a castidade e a obediência à igreja de Cristo. Na última etapa de sua vida, recebeu no monte Alverne os estigmas de Cristo em 1224. Já enfraquecido por tanta penitência e cego por chorar pelo amor que não é amado, São Francisco de Assis, na igreja de santa Maria Maior, se encontra rodeado pelos seus filhos espirituais, e para eles e ao mundo recita o cântico das criaturas. "Altíssimo, onipotente e bom senhor, a ti, Altíssimo, são devidos, só a ti, Altíssimo, são devidos, e homem algum é digno de pronunciar teu nome". Morreu deitado e cantando, muito feliz por ter sido sempre fiel à sua esposa a "Senhora pobreza" em 3 de outubro de 1226, o Santo da alegria e do bom humor, tinha 44 anos quando encontrou alegremente a irmã morte".

 

:: Francisco de Chagas, São - Imagens Bahia ::  
Calendário religioso dos santos
Hoje é dia de:
João Evangelista, São


Hóstias e santos: Mundo S/A mostra a indústria dos produtos ligados à fé



Imagens Bahia Ltda. - Todos os direitos reservados All rights reserved - produzido por: Sarro Comunicação