Televendas
Atacado e projetos especiais:

(11) 4674-1799
Televendas
Varejo e atacado no showroom:

(11) 2296-9235
0
0

Pretos Velhos

home / Pretos Velhos

Vovô Chiquinho

Ref.: 163
Vovô Chiquinho - Vovô Chiquinho de 50cm produzida com exclusiva tecnologia do nosso gesso cerâmico resinado ou mesmo a resina super resistente. Utilizamos matérias primas selecionadas como o gesso, a resina e as tintas, mantendo um alto padrão de qualidade, acabamento e durabilidade com as cores mais lindas!

Todas as imagens são pintadas à mão com toda dedicação, muita fé e o carinho que o seu santo protetor merece!

Compre sua imagem e receba em casa ou se preferir compre nas melhores lojas da sua região.
Escolha o tamanho
50cm
Escolha o acabamento
R$ 145,25
Quantidade 1

Vovô Chiquinho
Vovô Chiquinho de 50cm produzida com exclusiva tecnologia do nosso gesso cerâmico resinado ou mesmo a resina super resistente. Utilizamos matérias primas selecionadas como o gesso, a resina e as tintas, mantendo um alto padrão de qualidade, acabamento e durabilidade com as cores mais lindas!

Todas as imagens são pintadas à mão com toda dedicação, muita fé e o carinho que o seu santo protetor merece!

Compre sua imagem e receba em casa ou se preferir compre nas melhores lojas da sua região.


Tamanho: 50cm
Código de preço: AL
Código: 163
EAN: 7898467294383
Vovô Chiquinho ou Vô Francisco, é um africano que trabalhava na lavoura de cana de açucar durante a época da escravidão. Devido a idade avançada foi obrigado a parar de trabalhar e ficar trancado durante muitos anos na senzala. Por causa seu grande conhecimento com ervas e plantas de cura, passou então a cuidar de todos os escravos, escravas e crianças que necessitvam de cuidados. Ajudava também as escravas que estavam em trabalho de parto, a trazer o seus filhos ao mundo e fazia cirurgias aos que necessitavam. Todas as vezes que os coronéis descobriam isso, amarravam o Vô Chiquinho em um tronco, e batiam nele com chicote, até que ele caisse insanguentado de dor. Por muito apanhar, teve que começar a ajudar os outros escondido durante a noite, sentado aos pés de um cruzeiro, apenas com o auxilio de uma vela acesa para clarear e de suas plantas e ervas milagrosas. Um dia, quando benzia as coluna de uma velha senhora que tinha apanhado no tronco, foi pego de surpresa e apanhou com chicote nas costas por seu "sinhozinho", o coronel. Indefeso e muito velho, o Vô Francisco infelizmente não suportou a dor e faleceu aos pés do cruzeiro. Nos dias de hoje, vem em giras de Pretos Velhos na linhagem de Oabaluaê, fazendo o que sempre fez quando vivo, ajuda a todos que o procuram, com fé e devoção, fazendo suas benzedeiras e cirurgias espirituais, e levando palavras de nosso pai Oxalá a todos que necessitam. Texto de: Gustavo Lopes
Oração a Vovô Chiquinho
Produtos relacionados
Novidades
e promoções