Televendas
Atacado e projetos especiais:

(11) 4674-1799
Televendas
Varejo e atacado no showroom:

(11) 2296-9235
0

Santas

home / Santas

Santa Apolônia

Ref.: 641/20
Santa Apolônia - Santa Apolônia de 20cm produzida com exclusiva tecnologia do nosso gesso cerâmico resinado ou mesmo a resina super resistente. Utilizamos matérias primas selecionadas como o gesso, a resina e as tintas, mantendo um alto padrão de qualidade, acabamento e durabilidade com as cores mais lindas!

Todas as imagens são pintadas à mão com toda dedicação, muita fé e o carinho que o seu santo protetor merece!

Compre sua imagem e receba em casa ou se preferir compre nas melhores lojas da sua região.
Escolha o tamanho
20cm 30cm
Escolha o acabamento
R$ 39,24
Quantidade 1

Santa Apolônia
Santa Apolônia de 20cm produzida com exclusiva tecnologia do nosso gesso cerâmico resinado ou mesmo a resina super resistente. Utilizamos matérias primas selecionadas como o gesso, a resina e as tintas, mantendo um alto padrão de qualidade, acabamento e durabilidade com as cores mais lindas!

Todas as imagens são pintadas à mão com toda dedicação, muita fé e o carinho que o seu santo protetor merece!

Compre sua imagem e receba em casa ou se preferir compre nas melhores lojas da sua região.


Tamanho: 20cm
Código de preço: W
Código: 641/20
EAN: 7898467294680
Em 09 de fevereiro de 248, em Alexandria, era celebrada com festas o aniversário do Império Romano, que caracterizava-se pelas penas rígidas que visavam coibir a doutrina pregada pelos partidários de Jesus. Celebramos a memória da Santa Apolônia nesta data, pois morreu mártir no tempo do Imperador Décio, que desencadeou uma das mais terríveis perseguições contra o cristianismo. Sua preocupação não era fazer mártires, mas desfazer cristãos. Explico-me: "através de torturas e perseguições, levar os cristãos à apostasia". Apolônia, jovem e bela filha de um rico magistrado de Alexandria, pertencia à igreja de Alexandriado Egito (a tradição diz que esta comunidade cristã foi fundada pelo evangelista Marcos), e foi uma das pessoas que mais lutou pela causa cristã, sendo então perseguida e acusada de traição. Foi-lhe então imposta uma pena: em público, teria todos os seus dentes quebrados com pedras afiadas e em seguida seria queimada viva em uma fogueira. E assim o foi. Porém, Apolônia em meio ao seu suplício, pediu a Deus que todos os que viessem a sofrer dor de dentes, ao clamar pelo seu nome Apolônia, tivessem sua dor aliviada. Nesse momento, uma voz ressoou dos céus: "Apolônia, filha de Nosso Senhor Jesus Cristo, tu obterás de Deus a concessão de teu pedido." Dionísio era Bispo da igreja de Alexandria do Egito, presenciou o martírio de Apolônia e nos deixou um precioso relato histórico numa carta que escreveu ao seu amigo Fabiano, bispo de Antioquia, que diz: "todos se lançam sobre as casas dos cristãos, cada um na casa de vizinhos ou conhecidos, depredam e devastam, levam objetos preciosos e jogam fora o que não presta. É como uma cidade saqueada pelo inimigo. Os pagãos pegaram uma virgem, Apolônia, já idosa. Cortaram-lhe os seios e arrancaram-lhe os dentes. Depois fizeram uma fogueira e ameaçaram jogá-la, caso não blasfemasse. Ela pediu-lhes que deixassem livre por um instante. Soltaram-na e ela correu sozinha para a fogueira." Em Roma existe uma praça em sua homenagem, em várias cidades européias surgiram igrejas a ela dedicadas. Esta Santa encontrou muita simpatia entre os fiéis que lhe dedicaram uma comemoração incondicionada em todos os tempos. O gesto de atirar-se nas chamas foi considerado uma atitude de heroísmo. No ano 300, Apolônia foi canonizada e desde então a conhecem como a Santa Apolônia - a santa padroeira dos dentistas.
Oração a Santa Apolônia
Produtos relacionados
Novidades
e promoções